Presidente Filipe Nyusi perdoa jovens que gravaram vídeo ofensivo

Após serem recebidos pelo estadista, estes afirmaram-se arrependidos e que agradecem o gesto do Chefe do Estado, explicando que a medida emanada no Decreto do Conselho de Ministros visa proteger a população das áreas abrangidas pelo recolher obrigatório, visto que a Região do Grande Maputo apresenta um quadro preocupante de contaminações por Covid-19.

Um dos jovens, visivelmente arrependido, afirmou o seguinte: “Em primeiro lugar gostaria de agradecer o perdão do Presidente da República, e como jovem resta-me fazer a minha parte que é demonstrar que o perdão do Presidente não foi em vão, adoptando um comportamento defensivo face à pandemia da Covid-19, e apelar aos jovens e não só, a se juntarem aos esforços do Governo na luta contra esta pandemia”.

Segundo o jovem, se todos os residentes das zonas abrangidas aderirem às medidas impostas pelo Decreto do Conselho de Ministros, a maioria dos problemas que se verificam durante o momento do recolher obrigatório, podia reduzir drasticamente.
Por sua vez, o outro jovem disse: “Apelo a todos os jovens a usarem as redes sociais para publicar conteúdos educativos, e mostrar as boas práticas na luta contra a Covid-19, consciencializando aos outros que esta doença existe e está a causar dor e luto nas famílias moçambicanas, e por isso há necessidade de usar a máscara, lavar as mãos e observar o distanciamento social, assim como cumprir com as medidas do Decreto do Conselho de Ministros.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *